#ApitoContraoAssédio

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someone

Carnaval é tempo de alegria,diversão, pegação e infelizmente….. é tempo de desrespeito.

Para barrar atitudes machistas e violentas surge um movimento entre as mulheres de atitude para ser tomada dentro dos blocos de carnaval.

23059358

É a campanha #ApitoContraOAssédio

#ApitoContraOAssédio foi Criada por Lia Marques, Marina Gabos e Amanda Cursino, três amigas que presenciaram uma cena de assédio no Carnaval de 2014, a campanha sugere às mulheres que utilizem um apito para se protegerem contra o desrespeito, chamando a atenção e coibindo assédios e exageros. 

Recentemente, porém, grupos de mulheres se uniram para combatê-las e promover uma festa com respeito ao “direito de escolha”.

“Não é para acabar a pegação. É só para ter respeito”, afirma Lia Marques, uma das criadoras da campanha Apito Contra o Assédio, que distribui apitos para mulheres nos blocos de São Luiz do Paraitinga, um dos maiores carnavais do Estado de São Paulo.

“Sou super a favor da pegação, desde que as duas pessoas envolvidas queiram. Se é uma coisa que te incomoda, é suficiente para caracterizar assédio”, diz Renata Rodrigues, cofundadora do bloco Mulheres Rodadas, do Rio.

O instituto A Mulherada, que surgiu em 2001 em Salvador, o bloco Mulheres Rodadas, fundado no Rio de Janeiro em 2015, e a campanha Apito Contra o Assédio, lançada no início deste ano por três jovens em São Luiz do Paraitinga, são exemplos de grupos criados para defender os direitos da mulher.

Eles usam o carnaval para abordar questões como a violência doméstica e sexual, assédio e machismo.

A campanha é tão bacana que uma famosa marca de bebida está apoiando e divulgando em todo o Brasil.

Aqui levanto essa bandeira e apoio a inciativa.

A ação é simples, mas bastante efetiva: o cara passou dos limites? Apita. Invadiu seu espaço sem ser convidado? Apita. Está se sentindo ameaçada? Apita também.   Além de Floripa, São Paulo, Salvador e Recife também receberão a ação.

CompartilheShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someone

Deixe um comentário